terça-feira, 21 de julho de 2009

graça


Quando lembro de tudo que já vivi

Dos caminhos estreitos que percorri

E das setas que lançaram pra me atingir

Dos gigantes que tive que derrubar

E os espinhos que tentaram me machucar

Me fazer desistir, desacreditar

Mas o teu manto me cobriu

Tua voz acalmou meu coração


Graça, Tua doce graça que me basta

Graça, trago em mim as Tuas marcas

Graça, maior prova de amor meu senhor

6 comentários:

  1. Olá. ESTEJA BEM.
    Tive acesso ao seu blog através do Jardineiro (concorrente do JD). Desejo que tenha a força do Hércules para enfrentar todos os problemas da sua vida. Deus é ESPERANÇA.

    Um abraço de FORÇA.

    ResponderEliminar
  2. Desculpe. Adoptei o seu clip de audio. Tou perdoado?
    Força blogueira.

    ResponderEliminar
  3. Obrigado. Tudo de BOM e de BEM pra si.

    Voltarei...amiga.

    ResponderEliminar
  4. E já agora para não me esquecer, faço parte dos seus seguidores (se não se importa). Sou o primeiro da ista.

    Até breve...

    ResponderEliminar

Psiu!!!vai embora sem comentar?